• Google+ Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • Twitter Social Icon

© 2023 por Sandro Esteves. Orgulhosamente criado com Wix.com

Buscar
  • censuranuncamais.com.br

Espanha anuncia apoio Militar à Turquia, mas o "traidor" é Trump?

Entretanto, a direita ainda cai na "narrativa da mídia Globalista", acusando Trump por toda a sujeira da Esquerda Mundial.




A Espanha anunciou seu apoio à operação militar planejada da Turquia no norte da Síria, tornando-o o primeiro país europeu a fazê-lo.


A conta oficial do Twitter da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) da Espanha fez o anúncio em uma série de tweets na segunda-feira. "O apoio da OTAN à Turquia visa contribuir para uma diminuição da crise ao longo da fronteira da Aliança."

O apoio do @NATO à Turquia 🇹🇷 visa contribuir para uma diminuição da crise ao longo da fronteira da Aliança. @NATOpress @SHAPE_NATO @TurkDelNATO @EmbEspTurquia #WeAreNATO 🇪🇸🇹🇷🇪🇸🇹🇷🇪🇸🇹🇷 - España en la OTAN (@SpainNATO) 7 de outubro de 2019

Usando a hashtag #SupportToTurkey, a Espanha enfatizou o fato de que a Turquia é um estado membro da OTAN e aliada, prometendo “compromisso e solidariedade com a [nossa] Turquia aliada”, juntamente com imagens de exercícios conjuntos da OTAN.


A declaração de apoio da Espanha ocorre em meio a críticas em massa de outros países europeus e ocidentais contra a operação planejada, inclusive do Reino Unido, França e República Tcheca. A União Europeia (UE) também expressou sua preocupação com os efeitos potenciais da operação, como uma possível nova onda de refugiados, e os Estados Unidos (EUA) declararam que não apóiam a operação e ameaçam fazer da Turquia um “ economia extremamente dizimada ”se suas forças militares prejudicarem as tropas americanas.


O movimento seguiu-se a um aviso por Erdogan no sábado que a operação poderia ser lançado “talvez hoje ou amanhã”, e vem depois de meses do mesmo t hreat sendo feito em uma base regular. Também ocorre quase dois meses depois que os EUA e a Turquia chegaram a um acordo para cooperar e trabalhar juntos para estabelecer um centro de cooperação conjunto perto da fronteira com a Síria, a fim de estabelecer a zona segura no nordeste da Síria, que é a principal motivação para Manobra da Turquia.



Em verdade, a ESPANHA, aliada da OTAN, HOJE ENVIOU TROPAS PARA AJUDAR ERDOGAN. Entretanto, a mídia insiste na narrativa que o culpado desse atoleiro do Oriente Médio é Trump quando, na realidade, os culpados desse atoleiro todo são Hillary, Obama, Merkel e Holland, ex-presidente da França e mentores de toda essa sujeira.



Agora é fácil culpar Trump pelo simples fato dele não querer ser a Polícia dessa lama que existe no mundo Mulçumano.


OS CURDOS SÃO EM MAIORIA MULÇUMANOS SUNITAS e lutaram contra o ISIS porque os XIITAS do Grupo sequestraram suas mulheres e crianças.



A população curda vai acabar se unindo a Bashar ALL Assad para tentar conquistar seu estado. Eles são todos mulçumanos e os Curdos são liderados pelo PKK, uma facção extremamente comunista que briga por território.


Trump está mais do que certo em cuidar do seu próprio umbigo: Quem se envolve nessa lama só sai mais sujo do que os porcos que querem impor essa Guerra para TODOS NÓS!


Infelizmente, a Espanha é governada pelo PSOE, uma espécie de PSOL daqui, que dá total apoio à MADURO, ao Irã e ao Califa Erdogan.


E a direita ainda cai na "narrativa da mídia Globalista", acusando Trump por toda a sujeira da Esquerda Mundial.


Quando a Direita vai acordar?


Fonte:

https://www.middleeastmonitor.com/20191009-spain-declares-support-for-turkey-military-operation-in-syria/?fbclid=IwAR2tNW_AyvVB3nEndcydtRaovSrQJPNmKgkU0lfrgULtw1V49nm8dATF4aE



68 visualizações